Petistas insistem em defender Lula junto a Cármen Lúcia

Sonia Racy

06 Março 2018 | 00h35

CÁRMEN LÚCIA

PRESIDENTE DO STF, CÁRMEN LÚCIA. FOTO: NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Às voltas com seguidas cobranças para pautar no STF o pedido de habeas corpus de Lula, Cármen Lúcia teve de exibir, na quinta-feira, muita paciência. Um grupo de parlamentares petistas, entre elas Gleisi Hoffmann, Benedita da Silva e Maria do Rosário, pediu uma audiência, mesmo sem agenda.

Em seguida, foram ao gabinete por conta própria e não deixaram à ministra outra escolha a não ser ouvi-las.

Diante da enfática defesa do ex-presidente, Cármen ouviu em silêncio… e agradeceu.

Leia mais notas na coluna:

‘Infelizmente, há 16 anos eu anulo meu voto’, diz Carolina Ferraz

Cinemas de SP ganham ‘Oscar das irregularidades’ do Procon