Doria sela apoio do PMDB e ruma à maioria da Câmara

Sonia Racy

25 Outubro 2016 | 16h51

Está selada a cooperação entre PMDB e PSDB no que se refere à cidade de São Paulo. O acordo foi fechado no início da tarde desta terça-feira, 25, durante almoço no Palácio do Planalto, entre Temer e João Doria, na presença de José Yunes, presidente do PMDB paulistano, e o deputado Baleia Rossi, que comanda o PMDB estadual.

Este é o 14.º partido que entra na coligação, que agora conta com 27 dos 55 vereadores da Câmara para aprovar seus projetos. Pelo que se apurou, o prefeito eleito costura novos coligados para breve.