Paulo Garcia, da Kalunga, disputará a presidência do Corinthians

Sonia Racy

01 Outubro 2017 | 00h55

Por entender que “é preciso 100% de profissionalismo”, Paulo Garcia, da Kalunga, decidiu: vai candidatar-se à presidência do Corinthians. A eleição será em fevereiro.

Seu projeto? “Deixar de lado o amadorismo. Preparar-se para um IPO. Dotar o clube de um projeto empresarial”, diz o empresário, que já foi vice de Vicente Matheus e é um dos oposicionistas dentro do clu be.

Leia mais notas da coluna:

Nasce, dia 6, o Renova Brasil criado pelo PIB brasileiro

Alexandre Frota vai ao MAM protestar contra performance