0

Sonia Racy

12 Janeiro 2016 | 11h06

A Ordem dos Advogados do Brasil, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e o Movimento Contra a Corrupção Eleitoral reúnem-se no início desta tarde (12), em Brasília, para lançar uma campanha nacional contra o caixa 2 nas eleições municipais de outubro. O evento começa às 14h30, na sede da OAB nacional.

Uma das ações do grupo será pressionar o Congresso para que vote a lei que criminaliza essa prática. Outra, o acompanhamento direto das campanhas, para checar se elas “combinam” com os valores apresentados pelos candidatos aos tribunais eleitorais. “Denunciaremos os que fizerem campanhas milionárias”, diz o presidente da Ordem, Marcos Vinicius Coelho, lembrando que a lei proíbe agora doações de empresas — e as campanhas, no geral, tendem a ser mais modestas.

Luciano Santos, do MCCE, diz que a entidade vai acionar seus “comitês 9840” na fiscalização, auxiliando o Ministério Público Eleitoral nessa tarefa.

 

Comentários