Nos finalmentes

Sonia Racy

25 Outubro 2016 | 01h10

Depois de muitas reuniões e troca de informações e dados com secretários de Segurança dos Estados, procuradores-gerais e conselhos de polícia, está praticamente pronto o Plano Nacional de Segurança.

Versão ainda não definitiva será apresentada por Alexandre de Moraes, na sexta-feira, em reunião com Temer, Cármen Lúcia, Renan Calheiros e outros ministros de Temer, como os do Desenvolvimento e Itamaraty.

Finalmentes 2

O texto tem três pontos básicos: redução de homicídios e violência contra a mulher, crimes transnacionais e organizações criminosas(tráfico de armas, drogas e contrabando) e sistema penitenciário como um todo.