No Sesc, o delírio mostrado como arte

Sonia Racy

13 Abril 2018 | 00h35

Aurora Cursino dos Santos e Ioitiro Akaba frequentaram a Escola Livre de Artes Plásticas do Hospital do Juquery, criada pelo psiquiatra Osório Cesar nos anos 1950.

Suas obras, ao lado de trabalhos de Arthur Bispo do Rosário, Anna Maria Maiolino e Cildo Meireles, estarão na mostra Lugares do Delírio, que o Sesc Pompeia apresenta até o início de julho.

Leia mais nota na coluna:

STF julgar 9.000 habeas corpus em um ano é ’embaraçoso’, diz Barroso

David Uip sai da Secretaria de Saúde e entra Marco Antonio Zago