No palanque da Força, presidenciável na fila de trás

Sonia Racy

02 Maio 2018 | 00h58

PRESIDENCIÁVEL ALDO REBELO. FOTO IARA MORSELLI/ESTADÃO

Depois de discursar no evento de 1º de Maio da Força Sindical — na praça Campo de Bagatelle, na zona Norte de SP –, Aldo Rebelo, pré-candidato à Presidência pelo Solidariedade, partido ligado à Força, ficou até o final do ato no pelotão de trás do palanque.

Já o ex-BNDES Paulo Rabello de Castro, que também é pré-candidato ao Planalto mas pelo PSC – e que em sua fala não criticou a reforma trabalhista de Temer –, fincou pé na primeira fila.

Na qual também se posicionou, e dali não saiu, a vereadora Adriana Ramalho, do PSDB.