1. Usuário
Direto da Fonte
Assine o Estadão
assine
Direto da Fonte

Direto da Fonte

Sonia Racy

Não se repita

Por Sonia Racy

19/02/2016, 00h39

   

Lembrar para não esquecer. Com esse lema, a Secretaria de Direitos Humanos de São Paulo inaugura hoje, na praça da Sé, marco em memória da morte de sete pessoas que dormiam no local, em agosto de 2004 – episódio conhecido como Massacre da Sé.

A obra é do artista Deverson Max das Dores, que vive em um centro de acolhimento da Prefeitura e foi selecionado em concurso organizado pela pasta.