Ministro mostra disposição para forçar pauta da prisão em segunda instância

Sonia Racy

15 Maio 2018 | 00h31

MARCO AURÉLIO MELLO

MARCO AURÉLIO MELLO. FOTO: CARLOS HUMBERTO/STF

Marco Aurélio Mello manifestou – a quem o procurou na semana passada – disposição em forçar o STF a discutir as ações que falam genericamente da prisão em segunda instância.

Mas, segundo apurou a coluna, o ministro ponderou que o desfecho da discussão não cabe só a ele.

Leia mais notas da coluna:

‘Não há apatia pela disputa política: há desencanto’, diz Boris Fausto

Alvos da Operação Skala ainda não tiveram acesso a seus pedidos de prisão