Meu, seu, nosso

Sonia Racy

12 Outubro 2012 | 01h08

Não está sendo bem recebida pela iniciativa privada a modelagem de concessão de ferrovias. O problema? Grosso modo, ele consiste em garantir “subsídio” a quem ganhar, para baratear a tarifa. Isto é, se o volume transportado previsto não chegar a um “mínimo” estabelecido, a União pagaria esta diferença.

“Não estamos mais em tempos de doações. A concessão é de 30 anos, e quem garante que os próximos governantes vão concordar com isso?”, indaga importante interessado.