0

Sonia Racy

21 Março 2016 | 12h01

Daniel Teixeira/Estadão

Daniel Teixeira/Estadão

Pesquisa que será divulgada na tarde desta segunda-feira na Câmara de SP aponta que metade dos entrevistados (49,2%) reprova as condições de mobilidade urbana na capital paulista e cobra mais investimentos em medidas que reduzam o tempo de deslocamento de casa para o trabalho — como a implantação de corredores de ônibus.

O levantamento faz parte de estudo que abrirá o ciclo de seminários sobre os desafios da cidade. Foram entrevistados 2.049 pessoas das cinco regiões de São Paulo, no final de fevereiro. A margem de erro é de 2,2%.

Quando questionados a forma como se locomovem, o ônibus ficou em primeiro lugar. Seguido do metrô, carro, a pé, trem, lotação, moto, táxi e, por último, bicicleta. 

O evento, organizado pela Escola do Parlamento, apresentará a pesquisa completa às 15h, na Câmara de SP.

Comentários