Martelo batido

Sonia Racy

14 Setembro 2014 | 01h05

A ex-secretaria de Educação Maria Helena Guimarães de Castro trabalhou em parceria com Armínio Fraga, ex-BC, para detalhar a propostas de educação de Aécio Neves.

O que já foi definido: dobrar o repasse anual da União ao Fundeb, de R$ 10 bilhões, em quatro anos. E aumentar de 60 para 65% o montante do fundo destinado a pagamento de professores e pessoal – o que precisa passar pelo crivo do Congresso Nacional.

O programa de governo do candidato tucano deve ser apresentado esta semana.