1. Usuário
Direto da Fonte
Assine o Estadão
assine
Direto da Fonte

Direto da Fonte

Sonia Racy

Marina apoiará Aécio

Por Sonia Racy

06/10/2014, 19h08

   

Marina Silva não tem mais dúvidas: vai apoiar Aécio. O que ainda está em jogo, pelo que se apurou, é se isto acontecerá com o PSB ou se será uma opção solo. O partido está dividido entre o que quer seu presidente, Roberto Amaral – apoiar Dilma –, e os pessebistas mais próximos da ex-ministra – que defendem o tucano.

A decisão deve sair antes do endosso formal de Renata Campos, mulher de Eduardo, ao tucano.

Tampouco está definido como tudo isso se dará. Marina não quer condicionar sua decisão a cargos – coisa da “velha política”. O caminho pode ser o de pedir concordância com pontos importantes do programa de governo do PSB.

Em 2010, a ex-senadora elaborou lista de dez itens e a enviou a Serra e Dilma, antes da disputa de segundo turno. O tucano não respondeu; já a petista assinou termo indicando aceitar o proposto. Mas não cumpriu. Marina tampouco a apoiou.