Lenny veste o Brasil no começo e no fim da Olimpíada

Lenny veste o Brasil no começo e no fim da Olimpíada

Sonia Racy

15 Janeiro 2016 | 10h30

FOTO VERA DONATO

FOTO VERA DONATO

Feliz por ter sido a escolhida para desenhar os uniformes de desfile do time do Brasil na abertura e encerramento da Olimpíada no Rio, Lenny Niemeyer estava entre os cinco estilistas convidados por Paulo Borges, da Luminosidade, para disputar a concorrência. Os croquis foram entregues no fim do ano passado e o resultado saiu esta semana. Quem confeccionará os uniformes, com base no que está definido por Lenny, será a C&A. Aqui vão trechos de conversa, ontem, com a mais carioca de todas as paulistas da Cidade Maravilhosa.

Como se sente com essa vitória?
Muita emoção, um dos momentos mais marcantes da minha vida profissional. É gratificante ver que valeu todo o esforço e dedicação para desenvolver o projeto.

Em que você procurou inspiração para desenhá-los?
Imaginei uma estampa abrangente (ver foto abaixo) que mostrasse, de alguma maneira, o que são a fauna e a flora do País – sem esquecer que os participantes vêm disputar no Rio mas são de todas as partes do País. Busquei também desenhar algo atemporal e que tivesse a ver com as raízes da moda que faço, com o DNA da minha marca.

Por que atemporal?
Seria bom para o Brasil que daqui a 20 anos, numa próxima Olimpíada, as pessoas olhem os uniformes e os achem modernos, além de bonitos. Também pensei no movimento dos atletas. O tecido será fino, leve, mexendo com o andar e o vento. As mulheres virão com mais estampa e os homens mais clássicos, de branco, areia e azul.

Ficou sem dormir?
Só quando recebi a notícia de que estava entre os que iriam disputar a honra de vestir a equipe brasileira. E quando ganhei, chorei muito.

O que o esporte significa na sua vida?
Não sou das mais esportivas, mas esquio na Lagoa, faço musculação e ioga. Até já joguei tênis. Hoje minha energia para disputar é concentrada no meu trabalho.

Como você vai produzir?
A produção será toda feita pela C&A, com o nosso acompanhamento, nos moldes do trabalho da Collection que fizemos em parceria há dois anos.

Preço foi fator determinante?
Prefiro não comentar.