TSE, Justiça e Defesa montam grupo para combater fake news nas campanhas

Sonia Racy

28 Outubro 2017 | 00h52

MINISTRO GILMAR MENDES, DO STF

ANDRÉ DUSSEK/ESTADÃO

A invasão das fake news que afetou as campanhas de Hillary Clinton nos EUA e Emmanuel Macron na França, entrou na agenda do Brasil em 2018.

Tropa de peso integrada por Gilmar Mendes (TSE), Torquato Jardim (Justiça), Raul Jungmann (Defesa) e Sergio Etchegoyen (Segurança Institucional) fez uma primeira reunião no início da semana, para definir o plano de controle