Gato preto

Sonia Racy

16 Outubro 2012 | 01h02

Está feia a coisa. Sobrou até para o hotel em que o Palmeiras costuma se concentrar antes dos jogos, que, segundo fonte da coluna, “dá um azar danado.”

Superstições à parte, a ausência de Arnaldo Tirone – presidente do clube – domingo, no jogo contra o Náutico, foi criticada pela oposição e por parte dos aliados.