Fux corre para baixar resoluções sobre fundo eleitoral

Fux corre para baixar resoluções sobre fundo eleitoral

Sonia Racy

13 Outubro 2017 | 01h00

LUIZ FUX, DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

LUIZ FUX, DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. FOTO: DIVULGAÇÃO

Definido no Congresso o fundo eleitoral de R$ 1,7 bilhão, o TSE corre para baixar as resoluções a respeito. Luiz Fux, relator, já montou grupos de trabalho e quer liquidar a tarefa até dezembro.

A missão é uma espécie de caça no escuro. Se o custo da eleição presidencial de 2014 chegou perto dos R$ 7 bilhões, fazer campanha com apenas 24% disso vai exigir… muita criatividade.

Em 2016, 45 mil doadores
recebiam Bolsa Família


O desafio para impedir irregularidades é de bom tamanho. A lista de malfeitos de 2016, segundo o ministro Tarcísio Vieira, mostrou 45 mil doadores que recebiam Bolsa Família e 300 doações de mortos. E no total quase 40% de doadores não deram qualquer informação tributária.

Leia mais notas da coluna:

+ Lázaro Brandão deixa conselho do Bradesco

+ Rede municipal voltará a ter Prova São Paulo