Fapesp ganha a briga e corte de verbas é vetado por Alckmin

Sonia Racy

02 Fevereiro 2017 | 09h41

José Goldemberg ganhou a briga. Conseguiu convencer Alckmin de que é inconstitucional a lei aprovada na Assembleia — na véspera do Natal… — que manda tirar 10% do orçamento da Fapesp para repassar a outros institutos do Estado. No final de janeiro a fundação recebeu, integral, a primeira parcela do ano desses recursos.
 
“Aquele projeto violava flagrantemente a Constituição estadual e criou uma comoção na comunidade científica”, disse o presidente da instituição.
 
Qual foi o acordo? “Ficou assentado que a Fapesp vai acelerar o seu programa de apoio aos institutos. Eles estão preparando seus pedidos, sempre na área de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, para avaliação das respectivas áreas da fundação”.
 
.