Espetáculo é atacado nas redes sociais

Sonia Racy

04 Abril 2018 | 00h33

Apesar de estrear somente dia 6, no Masp, o espetáculo Aula Magna Com Stálin, dirigido por William Pereira, tem sofrido ataques nas redes sociais por grupos que acreditam – somente pelo título – que se trata de uma apologia a Stálin e ao regime comunista.

Na verdade, a peça trata do encontro entre Stálin e os compositores Sergei Prokofiev e Dmitri Shostakovich, na tentativa de enquadrá-los na estética da União Soviética.