Esperança petista

Sonia Racy

01 Outubro 2016 | 00h15

O presidente do PT, Rui Falcão, diz ter duas metas na eleição de São Paulo: Haddad terminar na frente de Marta e conseguir ir para o segundo turno.

Para justificar o entusiasmo, citou fala do filme Ponte dos Espiões, sobre a Guerra Fria: “e adianta ficar desanimado?”