Entre os personagens da eleição…

Sonia Racy

08 Outubro 2012 | 01h01

Erundina: usando brinco de estrela, Luiza Erundina apareceu para votar nada arrependida por ter desistido de ser vice na chapa do PT, após o apoio de Maluf ao petista. “Faria exatamente igual”, disse à coluna. “Segui a política que defendo: a da coerência”.

Embora tenha se mantido distante da campanha e não tenha subido no palanque de Haddad, ela diz ter feito “aquilo que poderia fazer” para ajudar o petista. Mas ponderou que o debate político, nesta campanha, foi pobre até agora. “Estou convencida que o nosso sistema político se esgotou… Se continuar assim, ficará cada vez pior”.

Michel Temer: pai da candidatura de Chalita, Temer disse à coluna que o PMDB provou ser possível fazer campanha em São Paulo sem o apoio da máquina pública. “O PMDB sai dessa eleição como a grande novidade em São Paulo”, afirmou o vice de Dilma.

Marta Suplicy: convidada, não apareceu ontem no café da manhã com Haddad, Lula e cia. Mais tarde, no colégio Madre Alix, apareceu de vestido estampado, Hermès preta a tiracolo e jurou que vai “participar da campanha de Haddad todos os minutos livres que tiver, no segundo turno”.

Paulo Maluf: o político aproveitou para visitar várias seções eleitorais do colégio Sacre Couer, distribuindo beijinhos e apertos de mão. “ É 11”, festejou. Mas o Haddad não é 13? “Só que o PPS é 11!”. Maluf se disse muito honrado por ter Lula como companheiro em SP. O senhor mudou muito… “Eu, não! Quem mudou foi ele. O PT, hoje, está à minha direita. Eu me sinto quase um comunista!”