Em família

Sonia Racy

13 Janeiro 2016 | 01h55

Depois de processar Cid Gomes, que o chamou de “chefe da quadrilha de achacadores”, Michel Temer contatou seus advogados, ontem, para entrar com processo contra o irmão de Cid, o ex-ministro Ciro Gomes.

Motivo? A declaração deste, ano passado, que chamou Temer de “capitão do golpe” contra Dilma.