Diretor de ‘Exodus” comemora escolha de Guterres para ONU

Sonia Racy

21 Outubro 2016 | 00h10

Hank Levine, diretor de Exodus – um dos destaques da Mostra de Cinema deste ano – comemorou a escolha de António Guterres como secretário-geral da ONU. Para o cineasta, que lidou por oito anos com refugiados para realizar o longa, Guterres representa esperança. “Ele tem muita experiência na área. E é o assunto que definirá como nós, seres humanos, vamos conviver no futuro.”