Devagar e sempre

Sonia Racy

25 Outubro 2012 | 01h02

Sob orientação de Temer, o PMDB decidiu não expulsar seus integrantes, liderados pela viúva de Orestes Quércia, Alaíde, que, na terça, fizeram ato de apoio a Serra. Espera-se que peçam para sair.

Para terminar de desalojar os quercistas do partido, mais 25 diretórios zonais de SP passarão por intervenção. O próximo a deixar o PMDB será Gilberto Nucci, ex-secretário adjunto de Bebetto Haddad.