Defesa

Sonia Racy

25 Outubro 2016 | 00h35

José Eugênio de Jesus Neto, funcionário de Duda Mendonça citado em planilha da Odebrecht, atendeu à convocação da PF e prestou depoimento sexta-feira em SP.

Ele afirmou à polícia não ter relação com a Odebrecht ou com suas operações. Admitiu apenas ser diretor financeiro de duas agências de propaganda de Duda no exterior – em Portugal e na Polônia– , e que não atua com marketing político.

Defesa 2

Alvo de condução coercitiva na 35.ª fase da Lava Jato, Jesus Neto estava fora do País, segundo o escritório Camillo Filho & Ibañez Advogados.