Aliança entre Airbus e Bombardier não pega Embraer de surpresa

Sonia Racy

21 Outubro 2017 | 00h58

A decisão da Airbus de se tornar sócia da Bombardier para o programa de jatos comerciais CSeries não pegou a Embraer de surpresa. Pelo que se apurou, a empresa brasileira, vendo a rival  canadense fortalecida, já começa a discutir seu futuro.

Tem gente na Embraer falando em se associar… à Boeing.

Leia mais notas na coluna:

FHC defende Alckmin para disputa presidencial

Madonna fará bate-volta para o casamento de empresário no Rio