O ministro, a ministra e o imposto sobre exportação

Sonia Racy

27 Janeiro 2016 | 01h31

A quem reparou ontem que Armando Monteiro sequer cumprimentou Kátia Abreu na reunião matinal com Dilma para discutir o Conselhão, vai aqui a explicação.

Em encontro anterior, os dois ministros arrumaram briga feia na frente da presidente a respeito da ideia de tributar as exportações de grãos, defendida por Monteiro. “Você quer que o Brasil se transforme na Argentina?”, perguntou, em voz alta, a ministra.

Pelo jeito, ele não gostou.