Circula possibilidade de o STF optar por ‘caminho do meio’

Circula possibilidade de o STF optar por ‘caminho do meio’

Sonia Racy

04 Abril 2018 | 01h00

SYDNEY SANCHES

SYDNEY SANCHES. FOTO: ROVENA ROSA/AGÊNCIA BRASIL

No corre-corre em torno do julgamento do habeas corpus de Lula, circula a possibilidade de o STF optar pelo que seria considerado um “caminho do meio”. O ex-presidente receberia o HC e a segunda instância seria rediscutida hoje mesmo. Mas, como pano de fundo, lembra-se que a inelegibilidade de condenados em segunda instância continua valendo.

Indagado sobre esse cenário, o ex-presidente do Supremo Sydney Sanches ponderou à coluna que há nisso “um pouco de achismo” e também “algumas incertezas”.

Incertezas

Exemplo de incerteza: a decisão do STF é “apenas quanto a um HC que impeça a prisão preventiva”. Segundo o ex-ministro, tem que se ver em que condições ele seria concedido, como isso evitaria prisão definitiva e que peso terão as decisões no universo político.”

Sanches lembrou ainda outro possível passo da defesa de Lula no STJ e STF: um pedido de suspensão da condenação. Que, se atendido, o livraria, até segunda ordem, da sentença do TFR-4.

Leia mais notas da coluna:

A batalha das manifestações em dia de semana

Defesa de Lula deve pedir que decisão sobre petista valha para todos