Céu azul nos EUA?

Redação

28 Março 2009 | 06h00

Que a Wal-Mart Brasil não tenha sentido a crise até agora, é uma semi-surpresa. Afinal, outros do ramo também estão bem. Agora, que a Wall Mart USA tenha crescido 6% no último mês e desde outubro não tenha registrado um só número negativo, conforme informa Héctor Nùñez , dirigente da subsidiária brasileira, é impressionante. “É que a empresa foi montada para tempos como esses”, justifica.

Portanto, ela tem fôlego para aderir à Hora do Planeta hoje, apagando as luzes da sua cadeia no mundo todo.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte