Carisma uruguaio

Sonia Racy

28 Março 2015 | 01h03

Jorge Drexler arrancou aplausos e risos da plateia no Teatro Bradesco, anteontem. Quando alguém gritou “Mujica”, o músico uruguaio disse que gostava muito do ex-presidente, “especialmente porque ele não enriqueceu fazendo política”.

Foi longamente ovacionado.

Carisma 2

O cantor aproveitou a deixa para uma piada: “Mujica no Uruguai virou verbo” – relacionado à legalização da maconha no país. Algumas pessoas passaram a dizer “vamos mujicar”.

No fim da noite, encerrada a turnê paulistana, Drexler e seus músicos deram uma esticadinha no Ó do Borogodó.