Camila Yunes presta consultoria para quem coleciona arte

Sonia Racy

25 Março 2018 | 00h33

CAMILA YUNES

CAMILA YUNES. FOTO: IARA MORSELLI/ESTADÃO

Camila Yunes, neta do falecido Jorge Yunes, começou a escrever sobre arte aos 18 anos. Com seu domínio do tema, logo passou a ajudar os amigos a montar suas coleções. “Eles me falavam: ‘Quero comprar, mas não sei o quê’”, disse. Foi isso que a motivou a prestar consultoria na área, onde atua há mais de dois anos. Agora, porém, acaba de abrir uma nova empresa do ramo, a Kura. “Meu intuito é criar colecionadores e não só consumidores de arte”, explicou sobre o projeto. Há quem só goste, por exemplo, de cinéticos – com luz, cor e movimento. Então só obras com essa proposta entram na coleção dessa pessoa. Com o passar do tempo, Camila observa que o gosto dos clientes evolui. “O olho da pessoa muda totalmente, a arte é uma coisa que transforma”, conclui.