Bumba Meu Boi pode virar patrimônio cultural da humanidade

Bumba Meu Boi pode virar patrimônio cultural da humanidade

Sonia Racy

29 Março 2018 | 11h30

O BUMBA MEU BOI. FOTO MARCIO VASCONCELOS / ACERVO IPHAN

O tradicional Bumba meu Boi, do Maranhão, festejado desde o século 18 e que tem, só nesse Estado, perto de 500 grupos ativos, pode tornar-se patrimônio cultural imaterial da humanidade. Iphan e Ministério da Cultura acabam de completar o dossiê da candidatura e devem entregá-lo à Unesco — com participação do Itamaraty — no dia 5 de abril, na sede do Iphan, em Brasília.

A previsão é que o Comitê Intergovernamental para Salvaguarda avalie a proposta no ano que vem. Em seu todo, o complexo cultural Bumba Meu Boi inclui diversas atividades. Se tiver sucesso, vai juntar-se a outros cinco bens imateriais brasileiros que já chegaram lá.

O frevo, o Círio de Nazaré, a Roda de Capoeira, o samba de roda do Recôncavo Baiano e a Arte Kusiwa, de pintura corporal.