Boneco de ‘Super Moro” irrita petistas na visita de Lula a Quixadá

Sonia Racy

30 Agosto 2017 | 16h17

A passagem de Lula pela cidade de Quixadá, no interior do Ceará, foi marcada por um protesto de antipetistas em uma praça central da cidade —  da qual o ex-presidente já saiu — e pela exibição de um grande boneco inflável com o rosto do juiz Sergio Moro, que era chamado de “Super Moro”, segundo informa um blog online  local, a TV Monólitos. O boneco, segundo se informou, irritou os apoiadores do ex-presidente, que tentaram furá-lo.

Em vídeo de cerca de quatro minutos, o grupo antipetista da TV Monólitos entrevista pessoas que dizem ter sido atacadas por correligionários locais de Lula, o que exigiu a presença da polícia para acalmar os ânimos.