Bola na rede

Sonia Racy

22 Junho 2014 | 01h04

A CBF só aguarda o final da Copa para reformular seu estatuto – resposta da confederação à recente mudança do regimento da Fifa. Mas, segundo se apurou, o processo não deve ser nada tranquilo.

Dirigentes não alinhados à atual direção da entidade temem que o novo documento aumente os poderes do presidente eleito, Marco Polo Del Nero, que toma posse no começo de 2015.