Bloomberg afirma que não voltaria para política

Sonia Racy

02 Fevereiro 2018 | 01h20

Em conversa informal, questionado se voltaria a política, o empresário e ex-prefeito de NY Michael Bloomberg – o americano passou 24 horas no Brasil essa semana– afirmou não pensar nisso. “Doze anos foi mais que suficiente.”

Não contente, deu um conselho a uma aspirante a parlamentar: “Primeiro você vira bilionário e só depois entra na política. Não faça o … contrário”.