Auxílio-moradia de juízes pagaria 145 mil soldados da intervenção, diz nota do Senado

Sonia Racy

21 Março 2018 | 13h32

SEDE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

O dinheiro público gasto com auxílio-moradia de juízes é suficiente para contratar, por um ano, 145 mil soldados da intervenção, de acordo com levantamento técnico do Senado. O Supremo Tribunal Federal julga nesta quinta-feira, 22, as ações que sobre o auxílio.

O valor, estimado em R$ 1,63 bilhão por ano, também pagaria a construção de 2.768 Unidades Básicas de Saúde, ou financiaria o Bolsa Família de 751.738 famílias por um ano. Ou, ainda, a remuneração de 28.790 professores universitários federais por um ano.

O levantamento foi feito pela consultoria do Senado a pedido de Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Esse novo estudo e dois anteriores vão ser enviados aos ministros do STF.

Leia mais notas da coluna:

DEM terá que correr atrás de nova estratégia para Pacheco

José Padilha comenta assassinato de Marielle