Arte com emoção

Arte com emoção

Sonia Racy

12 Janeiro 2014 | 01h12

A formação em arquitetura e a referência das artes plásticas são evidentes no trabalho da joalheira Kika Rufino. Com ateliê desde 2010, ela usa um processo bem artístico para desenvolver suas peças em ouro e prata. “Tenho a preocupação formal – do desenho –, mas busco sensibilidade e emoção”, afirma. Seu talento tem ganhado cada vez mais espaço na cena da joalheria contemporânea internacional. A série desfrute: joalheria efêmera, por exemplo, viajou por feiras na Itália e na Espanha em 2013. Por aqui, as peças podem ser encontradas no Instituto Tomie Ohtake, na Central Designers e, claro, com a própria Kika.

Foto: Iara Morselli/Estadão