Ampulheta

Sonia Racy

08 Outubro 2012 | 01h08

O tempo de rádio e TV –tão disputado pelos partidos no primeiro turno – será motivo de dor de cabeça para os marqueteiros a partir de amanhã.

Eles terão de se desdobrar para preencher os 20 minutos diários a que cada candidato tem direito. No primeiro turno, Serra e Haddad tinham cerca de 8 minutos, três vezes por semana. As inserções terão peso ainda maior: 15 minutos diários para cada candidato.

Ampulheta 2

Pelas contas das equipes das campanhas, os primeiros programas terão de estar prontos quarta-feira – 48 horas após o resultado. “Vai ser dose”, desabafa um marqueteiro.