Aloysio fica no governo e quer acelerar comércio

Sonia Racy

12 Abril 2018 | 00h40

ALOYSIO NUNES

ALOYSIO NUNES. FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADÃO

Agora que decidiu ficar no Itamaraty, Aloysio Nunes pretende acelerar acordos comerciais internacionais. Prioridades? Canadá e Coreia do Sul.

O Japão, segundo o ministro, também manifestou interesse em conversar.