Advogados pediram que Lamachia visitasse o STF para pressionar Cármen Lúcia

Sonia Racy

14 Março 2018 | 00h38

CLAUDIO LAMACHIA, PRESIDENTE DA OAB

CLAUDIO LAMACHIA, PRESIDENTE DA OAB. FOTO: GLÁUCIO DETTMAR/CNJ

Depois de receber um “não” de Claudio Lamachia na semana passada, advogados que querem ver a prisão em segunda instância rediscutida no STF voltaram ontem à OAB. Queriam que Lamachia os acompanhasse até a Corte para pressionar Cármen Lúcia. Ouviram outro não.

Leia mais notas da coluna:

+ Taxa de prévias surpreende Floriano; Aníbal articula contra cobrança

Na China, ciência é top, Previdência é irrelevante