A dura realidade

Sonia Racy

15 Outubro 2016 | 01h05

A regularização de capitais de brasileiros no exterior exibia um problema prático. O interessado – na maior parte das vezes – teria que trazer dinheiro de fora para poder pagar o DARF (taxa de 15%). Mas se assim o fizesse antes de legalizar sua situação, poderia ser acusado de trazer dinheiro “ilícito”.

Essa situação esdrúxula exigiu norma específica do BC para resolver a questão.