A carne é forte

A carne é forte

Sonia Racy

15 Junho 2014 | 01h10

Foto: Paulo Giandalia/Estadão

Em três anos, Francisco Chagas Filho conseguiu transformar o Rodeio do Iguatemi em um point. Não é para menos. O gerente de operações do restaurante fica tão à vontade ao lado de nomes como Benjamin Steinbruch e André Esteves quanto de Fausto Silva. “Sou como o Ban Ki-moon(secretário-geral da ONU): de todos os povos”, brinca o cearense de São Benedito. Aos 58 anos – etrês décadas de experiência no ramo –, Chagas comemora… trabalhando: “Minha satisfação é fazer o que gosto”. Não tem arrependimentos, mas diz que, se pudesse voltar atrás, seria cozinheiro. “A comida é o maior prazer.”