Sob pressão

Sonia Racy

29 Outubro 2016 | 00h21

A pressão da Receita Federal ontem, sobre políticos e parentes – para que mesmo impedidos de realizar a operação, pagassem as multas e taxas sobre dinheiro no exterior –, foi considerada absurda. “Eles vão se autoincriminar?”, pondera outro executivo de banco.

Por essas e outras, o mercado tem certeza de que o governo Temer abrirá outra oportunidade mais à frente, dando chance a quem ficou de fora agora.