55SP, de Julia Morelli, abre espaço fixo para exposições

55SP, de Julia Morelli, abre espaço fixo para exposições

Sonia Racy

01 Abril 2018 | 12h00

JULIA MORELLI

JULIA MORELLI. FOTO: RAFAEL JACINTO

Empenhada há três anos na tarefa de democratizar o acesso às obras de grandes artistas, a 55SP, de Julia Morelli, abre em abril um espaço fixo para exposições. O novo endereço, em Santa Cecília, bem no centro de São Paulo, será inaugurado com a exposição coletiva Edições Jacaranda, que composta por fotogravuras e obras tridimensionais assinadas por 25 artistas de São Paulo, Rio de Janeiro, Pará e Pernambuco. Participam nomes de peso como Vik Muniz, Nuno Ramos e Luiz Zerbini. A exposição nasceu de uma parceria com a Plataforma Jacarandá, que liga a produção brasileira ao circuito internacional de arte. Antes dependente de espaços parceiros, a 55SP traz obras de artistas novos e trabalhos de quem tem representação em grandes galerias. Além disso, produz “múltiplos” – peças feitas mais de uma vez, numeradas e assinadas. “Os valores tornam mais acessível a aquisição das obras de grandes artistas”, explicou Julia. “Continuaremos atuando na plataforma online com todo o acervo da 55SP. O espaço físico vem da nossa disposição de agregar”, acrescentou.