Como tornar-se um leitor em cinco passos

Conselhos para quem quer descobrir (ou renovar) o prazer da leitura

Danilo Venticinque

04 Maio 2017 | 10h40

Tenho recebido mensagens de pessoas que gostariam de voltar a ler. Alguns abandonaram os livros há muitos anos, quando saíram da escola ou da faculdade e a leitura deixou de ser uma obrigação. Outros chegaram a cultivar o hábito da leitura por um breve período, mas o perderam por falta de tempo ou desânimo. Com tantas distrações digitais exigindo nossa atenção no dia a dia, nunca foi tão fácil deixar de ler.

O post de hoje é um resumo das conversas que tive com esses leitores. Espero que seja útil para outras pessoas que querem retomar o hábito da leitura, mas não sabem como começar.

1. Descubra o prazer de escolher

Não peça indicações de livros para amigos. Ignore resenhas. Esqueça por um momento as listas de clássicos da literatura, as indicações da faculdade, os 1001 livros que você precisa ler antes de morrer. Tudo isso será importante mais tarde, quando a leitura já fizer parte de seu cotidiano. O primeiro livro depois de meses ou anos sem ler, no entanto, deve ser uma escolha absolutamente pessoal.

Se você sempre leu por obrigação e nunca por prazer, desfrute o momento da decisão. Vá a uma livraria ou biblioteca e passe um tempo caminhando entre as estantes, folheando livros sem pressa. Descubra o que chama sua atenção. Saia de lá apenas quando tiver encontrado um livro que te deixe entusiasmado para começar a ler.

2. Evite julgamentos

Não deixe que o preconceito contra um ou outro gênero literário atrapalhe seu momento de descoberta. Talvez você seja um leitor de fantasia, ficção científica ou suspense, mas ainda não tenha encontrado seu autor favorito. Evite fazer julgamentos ou preocupar-se com o que os outros podem pensar de sua escolha. O importante é encontrar um livro que te faça querer ler agora—um livro que você abra e não queira mais fechar.

3. Não tenha pressa

Se você não tem o hábito de correr, não é uma boa ideia se inscrever numa maratona para entrar em forma. O mesmo vale para a leitura. Vá com calma. Talvez você tenha vontade de ler os grandes clássicos da literatura um dia, mas um romance adolescente seja exatamente o que você precisa ler agora para transformar a leitura num hábito. Se esse é o seu caso, não se preocupe. Haverá tempo para obras mais longas e desafiadoras quando seus músculos de leitor estiverem bem treinados. Proust pode esperar.

4. Converse sobre livros

Não importa qual tenha sido sua escolha, há milhares de leitores como você espalhados por aí, tanto na internet quanto na vida offline. Entre em contato com eles. Compartilhe suas primeiras impressões sobre o livro, escute opiniões diferentes sobre a obra e o autor, fale sobre o capítulo que você leu hoje. Conversar sobre livros torna a leitura mais prazerosa e é uma motivação extra para continuar a ler.

5. Pare quando quiser

Ao contrário do que a escola ou a faculdade ensinaram, não há prova nem trabalho ao final da leitura. Também não existe nenhuma obrigação de terminar o que você começou. Se o livro que parecia interessante no primeiro capítulo revelou-se uma chatice lá para a página 40, largue-o sem pensar duas vezes. Forçar-se a terminar um livro que te aborrece é a fórmula perfeita para perder o hábito de ler.

É melhor abandonar um livro pela metade do que insistir até desanimar e abandonar todos. Desista do livro e insista na leitura. Volte ao primeiro passo. Passeie outra vez entre as estantes. Escolha outro livro. Mais cedo ou mais tarde você encontrará um autor que te levará até a última página sem aborrecimentos, e então voltará à livraria ou à biblioteca conhecendo um pouco melhor seus interesses de leitura.

Repita os passos acima uma e outra vez e logo os livros farão parte de sua vida. Bem-vindo ao mundo dos leitores.

Mais conteúdo sobre:

leituralivroshábitos
0 Comentários