O fim da saga diária sobre o Wilco
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O fim da saga diária sobre o Wilco

Não consegui manter a promessa, mas deixo de presente a possibilidade de pedir uma música para eles; divirta-se

Alexandre Ferraz Bazzan

04 Outubro 2016 | 01h59

Eu perdi para mim mesmo. Não posto nada sobre o Wilco desde a última quinta-feira e resolvi que esta é a última postagem sobre eles antes do show. Entreguei os pontos. Trabalhei demais, bebi demais, tive ressaca demais. É como diria o Hank Williams Jr.: “As ressacas machucam mais do que elas costumavam machucar”. É a idade. Me desculpem as duas pessoas que acompanhavam ansiosamente, mas a minha tentativa de ter uma mixtape no dia em que eles subissem ao palco falhou. Entretanto, seria uma insensibilidade abandonar o tema sem uma despedida digna.

Foto: John Gress/Reuters

Foto: John Gress/Reuters

Os grandes fãs de Wilco provavelmente já sabem, mas vou compartilhar isso por aqui do mesmo jeito. O site da banda tem um sistema para que você possa pedir as músicas que quer ouvir no show que acontece na sua cidade. Está aqui. Isso, por si só, já seria algo super legal, mas chama a atenção as opções de covers disponíveis. Coisas impensáveis como Madonna e Cher, passando por David Bowie, são influências que você não imaginaria. Existem também outras lindezas como Kinks, Replacements, Big Star, Beatles, Pavement e Neil Young. A lista é vasta, vale dar uma checada.

Não fosse suficientemente incrível a chance de pedir sua música preferida, eles ainda deixam você escrever algo ou fazer uma dedicatória. Eles provavelmente não conseguirão atender a todos os pedidos, mas essa é uma boa oportunidade de mandar uma mensagem bonita para a pessoa que você gosta. Vai que dá certo.

Nos vemos no sábado. Quem sabe a gente não toma uma cerveja junto?