VivaSP, diário coletivo – e afetivo – da cidade, ganha série de livros
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

VivaSP, diário coletivo – e afetivo – da cidade, ganha série de livros

E mais: Angela Davis, Lou Andreas-Salomé, Primo Levi, Safatle, João Almino, Fernando Vilela e literatura brasileira na Galícia

Maria Fernanda Rodrigues

22 Janeiro 2016 | 22h00

MULTIMÍDIA
Diário coletivo – e afetivo – de São Paulo ganha série de livros

viva sp

A inspiração de Juliano Spyer para criar o VivaSP veio do projeto de Paul Auster transformado no livro Achei Que Meu Pai Fosse Deus (E Outras Histórias Verdadeiras da Vida Americana). Entre 2003 e 2009, a versão paulistana reuniu mais de 8 mil relatos sobre a cidade, que eram contados na Rádio Eldorado e num site. O projeto renasce agora em formato multimídia. De uma primeira seleção, surgiu material para três livros, que poderão ser comprados e-book, com fotos e vídeos, ou impresso. Uma das histórias é contada por Roberto Pina Rizzo, que cedeu a foto acima tirada no Viaduto Santa Ifigênia em 1967. Mas isso tudo depende do crowdfunding que começa no Catarse depois do carnaval. E, dependendo também do sucesso da campanha, haverá outras antologias. A ideia surgiu no grupo Amigos dos Editores Digitais e edição será da Alpendre.

NÃO FICÇÃO
Pela igualdade
A Boitempo adquiriu os direitos de publicação de Mulher, Raça & Classe, de Angela Davis, um dos ícones da luta pelos direitos das mulheres e contra a discriminação social e racial – ela ganhou notoriedade mundial como militante dos Panteras Negras e do Partido Comunista dos EUA nos anos 1970.

BIOGRAFIA
Lou Andreas-Salomé de bolso
Chega às livrarias nos próximos dias, pela L&PM, a biografia de Lou Andreas-Salomé (1861-1937) escrita por Dorian Astor. É a história dela, mas também de Freud, Nietzsche, Rilke e tantos outros personagens do século 19.

REEDIÇÃO
Narrativa e memória
Os Afogados e os Sobreviventes, de Primo Levi (1919-1987), volta às prateleiras em maio pela Paz e Terra. Lançada um ano antes de sua morte, a obra retoma o tema de É Isto Um Homem? – o horror de Auschwitz, que o italiano viveu.
*
No dia 27, na Biblioteca Nacional, no Rio, Domenico Scarpa, da Universidade de Milão, faz uma conferência sobre o autor. E dia 29 haverá o debate Assim foi Auschwitz.

TRADUÇÃO
Safatle, Almino, etc.
Publicado pela WMF Martins Fontes em 2012, Grande Hotel Abismo – Por Uma Reconstrução da Teoria do Pensamento, de Vladimir Safatle, está saindo em inglês pela Leuven University Press. O autor fará um tour de lançamento pela Europa e EUA.
*
Enigmas da Primavera, romance de João Almino, também sai em inglês, pela Dalkey Archive Press, em fevereiro.
*
E será realizado, de 25 a 24, em Santiago de Compostela, o 6.º Colóquio Internacional do Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea. Entre os convidados, Michel Yakini, cofundador do Coletivo Literário Sarau Elo.

INFANTIL
Filosofia para criança

fernando vilela

O ilustrador Fernando Vilela e o pai, Paulo Celso, lançam juntos, pela Nós, no segundo semestre, Os Irmãos Gêmeos (título provisório). Conta a história dos garotos Parmênides e Heráclito, gêmeos ao mesmo tempo idênticos e diferentes.

Leia também: 
Por editora, conta própria ou com a ajuda dos amigos: está fácil publicar um livro
Editores comentam os erros mais comuns na hora de negociar a publicação de um livro