Projeto leva best-seller de Angie Thomas sobre racismo a crianças da periferia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Projeto leva best-seller de Angie Thomas sobre racismo a crianças da periferia

O romance 'O Ódio Que Você Semeia' também será discutido na universidade. E ainda na Babel: Junot Díaz prepara infantil com protagonista de origem dominicana, o novo romance de André de Leones, biografias de músicos, clássicos literários e um projeto importante da Fundação Dorina

Maria Fernanda Rodrigues

29 Julho 2017 | 06h00

Projeto leva best-seller sobre racismo a crianças da periferia

Angie thomas

‘O Ódio Que Você Semeia’ é o livro de estreia de Angie Thomas (Mark Makela/NYT)


Sucesso instantâneo de crítica e de público nos Estados Unidos, O Ódio Que Você Semeia, de Angie Thomas, será doado a uma turma da Escola Municipal Daniel Piza, no Rio, onde Maria Eduarda Alves da Conceição, de 13 anos, morreu baleada pela polícia em abril e que, segundo O Globo, foi fechada 31 vezes entre 2014 e 2015 por causa de violência. Foi ali também, em Costa Barros, que os meninos Roberto, Wilton, Carlos, Wesley e Cleiton morreram com 111 tiros em 2015. Lançada aqui pela Galera (Grupo Record), a obra será discutida, ainda, por alunos do curso Intelectuais Negras, na UFRJ. Com as crianças, estão previstas discussões, visitas à UFRJ, à editora e outros espaços e um diário virtual com o andamento do projeto. No livro, que vai virar filme, uma menina negra testemunha a morte do melhor amigo por um policial e vive os dilemas de morar num bairro pobre e estudar numa escola particular onde a maioria é branca.

INFANTIL
Imigração e identidade

junot diaz

(Foto: NYT)

Com lançamento nos EUA em março de 2018, tiragem inicial de 150 mil cópias e ilustrações de Leo Espinosa, The Islandborn, novo livro de Junot Díaz, é dedicado a crianças entre 4 e 8 anos. Ele fala sobre uma menina nascida na República Dominicana vivendo em Washington Heights, em NY, e sobre questões como imigração, identidade e pertencimento.

COLEÇÃO
Cultura acessível
A Fundação Dorina lança, no fim do mês, a coleção Regionais. Os kits contam com 21 títulos sobre as cinco regiões do País e serão doados a três mil entidades. Foram produzidos, no total, 63 mil exemplares em quatro formatos. As publicações de culinária e folclore saem em fonte ampliada e braile; as de literatura, em áudio; as de turismo, no formato digital acessível Daisy; e as de música, em fonte ampliada e braile – haverá, ainda, partituras em braile. Rodas de leitura estão previstas em 20 cidades.

CLÁSSICO
Outras traduções
Depois de publicar O Homem Invisível e Drácula, o selo Via Leitura, da Edipro, lança em agosto O Médico e o Monstro e Frankenstein, com tradução de Alexandre Barbosa de Souza.

FICÇÃO
Novo romance
André de Leones vai publicar seu próximo livro pela José Olympio. Eufrates é um romance estruturalmente parecido com Terra de Casas Vazias (Rocco), com histórias correndo paralelas, e retoma alguns temas e personagens de Abaixo do Paraíso (Rocco).
*
Leones deve finalizar a obra em dezembro e o lançamento está previsto para 2018.

MERCADO
Apostas nacionais
Casa de grandes best-sellers internacionais, como Dan Brown e Nicholas Sparks, a Sextante prevê o lançamento de livros de 10 autores brasileiros entre outubro e novembro.

BIOGRAFIA
Semestre sonoro
Entre os títulos da Benvirá para este semestre, estão O Galope do Tempo (setembro), biografia que Marcelo Nova, vocalista do Camisa de Vênus, escreveu com André Barcinski; 18 And a Life (outubro), autobiografia de Sebastian Bach, vocalista do Skid Row; e Bon: The Last Highway (novembro), a história do antigo e lendário líder do AC/DC, Bon Scott, escrita pelo jornalista Jesse Fink.