Os 10 livros mais vendidos de 2015 – e quem são os autores brasileiros best-sellers
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Os 10 livros mais vendidos de 2015 – e quem são os autores brasileiros best-sellers

E mais: Prêmio Sesc abre inscrições, Primavera Literária Brasileira em Paris, dois guias para percorrer o caminho de São Francisco e uma boa ideia que vem da Alemanha

Maria Fernanda Rodrigues

25 Dezembro 2015 | 22h07

BEST-SELLER
Pintar, rezar, compartilhar: os 10 livros mais vendidos no País

livro para colorir

Em seu primeiro ano de domínio público, O Pequeno Príncipe, de Saint-Exupéry, contabilizou (até o dia 13) 316 mil exemplares vendidos – que renderam às editoras das 58 edições disponíveis no mercado mais de R$ 5,2 milhões. Foi um bom ano (em 2014, foram comercializadas 140 mil cópias), mas não o suficiente para levá-lo à lista dos 10 títulos mais vendidos de 2015, que ainda está aberta, mas que deve manter os livros para colorir e os escritos por padres, pastores e celebridades juvenis, descobertas nas redes sociais, na liderança.
*
Os mais vendidos no Brasil, segundo a Nielsen:
1. Jardim Secreto (Johanna Basford)
2. Philia (Marcelo Rossi)
3. Floresta Encantada (Johanna Basford)
4. Nada a Perder 3 (Edyr Macedo)
5. Grey (E. L. James)
6. Muito Mais Que Cinco Minutos (Kéfera)
7. Ansiedade (Augusto Cury)
8. Não Se Apega Não (Isabela Freitas)
9. Eu Fico Loko (Christian Figueiredo)
10. A Herdeira (Kiera Cass)
*
Top 10 autores brasileiros, também segundo a Nielsen:
1. Padre Marcelo Rossi
2. Augusto Cury
3. Mauricio de Sousa
4. Edir Macedo
5. Paula Pimenta
6. Isabela Freitas
7. Zibia Gasparetto
8. Christian Figueiredo de Caldas
9. Kéfera Buchmann
10. Laurentino Gomes

PASSATEMPO
Roupas para colorir
Embora esteja no topo dos mais vendidos, o livro para colorir foi uma febre que já passou no Brasil. Mas na Inglaterra, a Laurence King Publishing encomendou um título nessa linha ao estilista Matthew Williamson. A obra, com modelos criados por ele nos últimos 20 anos, sai em setembro.


PRÊMIO
Para tirar da gaveta
O Prêmio Sesc de Literatura abre, no dia 4, as inscrições para sua nova edição. Podem concorrer romances e livros de contos de autores estreantes. As inscrições vão até 12/2 e as duas obras premiadas serão publicadas pela Record.

EVENTO
Primavera parisiense
Por falar nas revelações do Prêmio Sesc, Lucia Bettencourt, vencedora em 2005, é uma das convidadas da Primavera Literária Brasileira (17 a 31 de março), organizada pela Universidade de Sorbonne, em Paris.

NOVELA
Sombras do passado
Personagens de K., romance de Bernardo Kucinski sobre a busca de um pai pela filha desaparecida na ditadura militar, voltam para assombrar um escritor. Este é o mote da próxima novela do autor, que sairia pela Cosac Naify, mas será lançada pela Companhia das Letras. K. está saindo na Itália e em breve chegará à França.

VIAGEM
Lá vai São Francisco

são francisco de assis

Por Aqui Passou São Francisco, de Angela Maria Serachiolli, é um guia para peregrinos ou para aqueles que simplesmente querem caminhar e estão em busca de novas trilhas e horizontes. O livro ilustrado (abaixo), previsto pela Martins Fontes – Selo Martins para o ano que vem, mostra como percorrer os 350 km. Quem também fez esse caminho – a pé e de skate – na tentativa de chamar a atenção de apoiadores para um projeto social foi o gaúcho Alexandre Pires. O resultado pode ser conferido em 18.04 – O Caminho, lançado agora pela BesouroBox.

INTERNACIONAL
Não gostou do presente?
Na Alemanha, a editora Bastei Lübbe e a livraria Hugendubel criaram uma máquina que vai trocar presentes por livros nesses dias que sucedem o Natal. Ela ficará um dia em cada uma das três cidades: Munique, Ingolstadt e Nuremberg.
*
A notícia ruim, de lá, é que a octogenária Stern-Verlag, a maior livraria independente do país, situada em Düsseldorf, vai jogar a toalha em 2016.