Nova biografia de Carlos Drummond de Andrade será lançada em 2017
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Nova biografia de Carlos Drummond de Andrade será lançada em 2017

Maria Fernanda Rodrigues

27 Junho 2014 | 20h05

A coluna Babel publicada no Caderno 2 do dia 28 de junho, com informações sobre a biografia de Drummond que está sendo escrita por Humberto Werneck, uma atualização sobre a movimentação dos sebos que recentemente entraram em conflito com a Estante Virtual, dois livros interessantes a caminho das livrarias: 24/7 e Mal-estar, Sofrimento e Sintoma e a obra do ambientalista Pierre Rahbi prestes a ser publicada aqui, entre outras novidades.

MEMÓRIA
Drummond ganha biografia nos 30 anos de sua morte

A notícia é boa, mas o leitor terá de esperar um pouco: o jornalista Humberto Werneck está começando as pesquisas para o livro que escreverá sobre Carlos Drummond de Andrade (na foto, aos 2 anos). A obra foi encomendada pela Companhia das Letras, que prevê o lançamento para 2017. “Drummond é meu poeta. Ele fala por mim as coisas que não dou conta de falar. Quero juntar os cacos e ver que xícara dá”, diz Werneck, que é cronista do Caderno 2 e autor de perfil de Chico Buarque, da biografia de Jaime Ovalle e de O Desatino da Rapaziada – Jornalistas e Escritores em Minas Gerais (1920-1970), do qual o poeta é um dos personagens. Nos seus planos está uma visita ao genro de Drummond, Manuel Graña Etcheverry, que, aos 98, vive no interior da Argentina.

ENSAIO
Protegidos pelo sono
Lançado com barulho nos EUA, o livro 24/7, de Jonathan Crary, chega aqui em setembro pela Cosac Naify. Neste ensaio, o professor de Columbia fala sobre como o sono nos protege do capitalismo e sobre os esforços e pesquisas para que nosso descanso seja cada vez mais curto e o consumo, ininterrupto.

PSICOLOGIA
A noção de sofrimento
Sai em agosto, pela Boitempo, Mal-estar, Sofrimento e Sintoma, em que Christian Dunker, do Instituto de Psicologia da USP, trata de temas como a privatização do espaço público e faz estudo histórico e antropológico da inserção da psicanálise no País.

NÃO FICÇÃO
Afagar a terra
O Selo Martins adquiriu os direitos de duas obras do franco-argelino Pierre Rahbi (abaixo). Fazendeiro, ambientalista e criador do conceito Oásis em todo lugar, ele estreará aqui, em 2015, com Manifeste Pour la Terre et l’Humanisme e Vers la Sobriété Heurese. É sua contribuição para a vida num mundo que respeite a terra e o homem.

JUVENIL
Secos & virtudes
O catalão Carles Sala i Vila virá ao Brasil em agosto para o lançar, na Bienal, Cornélius e o Armazém de Impossíveis (WMF Martins Fontes). A obra retrata a mudança que ocorre na vida dos moradores do povoado Torto com a chegada de Tobias e de Cornélius – eles abrem um armazém para vender sentimentos e virtudes.

CINEMA
‘O doador’ a caminho
O Doador de Memórias, de Lois Lowry, se chamará O Doador na reedição que a Arqueiro publica para a estreia do filme em agosto. No embalo, ela comprou os direitos de Gathering Blue, o livro seguinte.

INVESTIGAÇÃO
A origem do crime
A Novo Conceito lança em outubro Supernotes, de Louis Carletti, sobre o agente secreto italiano Kasper, que ficou preso em campo de concentração cambojano ao investigar a origem de milhões de notas falsas de US$ 100. Vai virar filme.

SEBOS
A chance da Livronauta
Com os desentendimentos recentes entre alguns sebos e a Estante Virtual, quem ganhou foi o Livronauta, que incluiu, esta semana, 120 vendedores de livros usados em sua base. E já está no ar o Busca Sebos, que compara os do Livronauta e SebosOnline e Megaleitores, entre outros.